Buscar por:

Qual multa sua empresa pode sofrer por não fornecer EPIs

29/07/2020 - Normas Regulamentadoras - por Zanel

             

O uso de EPIs pelas empresas que exercem atividades que envolvam riscos à saúde dos funcionários é essencial. A não utilização desses equipamentos pode trazer graves consequências à empresa, como o pagamento de multas, indenizações por meio de processos civis, trabalhistas e até mesmo criminais. Para implementar esses cuidados e regularizar seu negócio consulte um profissional especializado em segurança do trabalho.

Através da lei Nº. 6.514/77, os Equipamentos de Proteção Individual passaram a ser obrigatórios aos colaboradores que, de alguma forma, realizam atividades que afetem a sua segurança física e mental. Descumprir esta lei implicará no pagamento de multas penalizadoras previstas pela Norma Regulamentadora 28 (NR 28).

Torne o uso de EPIs obrigatório em sua empresa para evitar esse tipo de situação e saiba como proteger os seus funcionários e seus bens através de nossas dicas. Vamos lá?

Quando utilizar EPI?

Os EPIs devem ser usados sempre que os seus trabalhadores forem executar qualquer tipo de atividade que ofereça algum tipo de risco à saúde dele. Lesões, queimaduras e escoriações são comuns em serviços de alta exposição, é por isso que o uso desses equipamentos é tão importante independente do grau de periculosidade do serviço prestado.

Existe diferença entre EPIs?

Esse setor vem crescendo e se modernizando cada vez mais. Porém, é preciso estar atento na hora de escolher sua Revendedora ou Distribuidora de EPIs, uma vez que nesse mercado vasto, algumas empresas não se preocupam verdadeiramente com a qualidade dos produtos que estão sendo entregues e que podem, muitas vezes, colocar a saúde, ou até a mesmo a vida, do trabalhador em risco.

Dessa forma, você pode evitar uma situação grave como essa ou até mesmo uma tragédia que afetaria não só uma pessoa, mas também familiares e colegas e consequentemente, a imagem da empresa a longo e curto prazo. Compre apenas EPIs certificados com garantia de qualidade, é mais vantagem para a sua empresa e para os seus colaboradores.

Quer saber como as multas são calculadas, quais as penalidades aos empregadores e o que fazer quando o colaborador se recusa a usar o EPI sinalizado? Acesse o artigo completo no Blog da Zanel para saber mais! 

 

Gostou deste artigo? Caso queira receber mais informações relacionada a este assunto, deixe seu contato nos campos abaixo:
Sobre o autor: Zanelhttps://zanel.com.br Principiamos nossas atividades em 1998 no disputado mercado de produção de EPIs de Raspa e Vaqueta de Couro Bovino. Com visão de negócios e muito dinamismo, focamos nossos esforços para atender com eficiência e rapidez os mercados Distribuidor e Industrial de todo o território nacional.
Publicidade:
×
E-mail:
Senha:
Manter-me conectado
Entrar
Esqueci Senha | Cadastre-se
TransformaSST
×
Enviar Lista de EPIs por E-mail
Remetente:
E-mail Remetente:
Destinatário:
E-mail Destinatário:
Mensagem:
Enviar
×
Minha Lista de EPIs Nenhum Item
×

O que é CA?

O CA - Certificado de Aprovação - é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego que tem por finalidade avaliar e manter um padrão nos equipamento de proteção.

A NR6 - que regulariza os equipamentos de proteção individual - exige que todo equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a marcação do CA.

Para se obter um CA, o fabricante ou importador, deve enviar uma amostra do equipamento para um laboratório autorizado, o laboratório faz testes com esse equipamento e emite um laudo com as características do produto. Esse laudo é enviado ao MTE para emissão do CA que garantirá o padrão dos equipamentos que devem obedecer as especificações presentes no laudo.

Como funciona o Portal ConsultaCA.com? Assista nosso vídeo!