Buscar por:

Proteção Individual em ambiente escorregadio!

16/07/2018 - EPI - por Marluvas

 Como abordamos em nossos últimos textos, os equipamentos de proteção individual além de serem obrigatórios, são essenciais para garantir a integridade física e o bem estar do trabalhador. É obrigação do empregador fornecer os equipamentos de proteção individual e instruir quanto ao modo correto de utilização dos mesmos

 

Proteção Individual em ambiente escorregadio! Proteja se funcionário com um EPI adequado e de Proteção dos pés eficiente.

Como abordamos em nossos últimos textos, os equipamentos de proteção individual além de serem obrigatórios, são essenciais para garantir a integridade física e o bem estar do trabalhador. É obrigação do empregador fornecer os equipamentos de proteção individual e instruir quanto ao modo correto de utilização dos mesmos.

Tendo posse dos equipamentos, é dever do trabalhador utilizá-los e zelar pela sua proteção individual. Assim é possível evitar acidentes e lesões que podem ocorrer devido a descuidos e também por mal uso dos equipamentos de proteção individual.

 

Equipamentos de proteção individual para os pés

Existem diversos tipos de acessórios para proteção individual do trabalhador, inclusive para os pés. Os pés são parte que devem receber muita atenção em todos os tipos de atividades, afinal de contas, são eles que ajudam a sustentar e movimentar nosso corpo em todos os dias de nossas vidas.

São muitos os perigos aos quais os pés são expostos diariamente, por isso a importância de utilizar sapatos deproteção individual especiais e específicos para cada ambiente. Sapatos que evitem o esmagamento dos pés quando o trabalho requer o manuseio de produtos de peso elevado.

Existem também os sapatos de proteção individual com palmilhas especiais e que oferecem conforto em terreno irregulares ou em casos que o trabalhador fique muitas horas de pé. Calçados especiais para ambientes com temperaturas extremas. Altas ou Baixas. Existe também a proteção individual especial para ambientes em chamas. Utilizada por exemplo pelos bombeiros.

Outro tipo de ambiente que requer uma proteção individual específica, são os ambientes molhados. Quem trabalha nesse tipo de lugar corre o risco de escorregar a qualquer momento. Esse acidente geralmente tem consequências graves, por isso a importância do calçado de proteção individual correto.

Lidar com materiais químicos e corrosivos representam grande risco à saúde trabalhador. Utilizar um equipamento de proteção individual específico para o manuseio do mesmos é indispensável. Calçados fabricados com materiais especiais e resistentes garantem a proteção dos pés. Perneiras também impedem que as pernas sejam atingidas e machucadas pelos produtos.

 

Cozinha e proteção individual

Se engana quem pensa que trabalhar em cozinha não requer acessórios específicos para a proteção individual. A cozinha é um ambiente muito dinâmico. As pessoas andam de um lado para o outro durante todo o tempo. E enquanto se movimentam, manuseiam materiais cortantes, perfurantes, quentes e líquidos, que podem derramar. A soma desses elementos com a falta de um sapato específico, pode resultar em graves acidentes.

Um sapato para proteção individual de quem trabalha em cozinha deve ser acima de tudo confortável. Passar horas de pé e se movimentando requer pés saudáveis e descansados. Um cozinheiro precisa estar bem para que a comida saia deliciosa. A Marluvas possui em seu catálogo, alguns modelos indicados para este fim.

Um modelo de calçado para proteção individual disponível é o 102FCLEAN da linha Flex Clean. O 102FCLEAN é uma sandália ocupacional confeccionada com material EVA. Macia e confortável é excelente na absorção de impactos. Possui proteção 360º e um solado confeccionado com material Full Grip antiderrapante. Um calçado leve e de fácil higienização. Atende aos requisitos da NR 32.

Um pouco mais fechado, mas igualmente confortável, encontramos o modelo 101FCLEAN, também da linha Flex Clean. Também produzido em EVA, o 101FCELAN possui a mesma proteção 360º e sistema contra derrapantes. Uma segunda opção de proteção individual para quem trabalha em cozinha.

É possível que se escolha outros modelos entre botas, sandálias e sapatos de proteção individual para o ambiente de cozinha. O importante é que todos tenham proteção contra materiais quentes e perfurantes, além de solado com sistema antiderrapante. É importante também que os calçados sejam confortáveis, auxiliando para que o trabalhador exerça suas funções da melhor maneira.

 

Conheça o material do seu calçado de proteção individual

O EVA, Etileno Acetato de Vanila, é o material utilizado nos calçados de proteção individual citados acima. Um tipo de plástico emborrachado e flexível, que possui propriedades adesivas e é feito de componentes à prova d’água. Alguns podem ter proteção UV. Leve e durável, o EVA também é resistente a pressões e absorve choques.

O sapato Flex Clean oferece segurança para os pés e possui solado em material antiderrapante. O design é moderno, assim você não precisa se prender aos calçados de proteção individual convencionais. Além disso, o EVA é um material que aceita pigmentação, então você pode ter um sapato de proteção colorido.

Outra vantagem é preço do EVA. Por ser menor que o de outros materiais, como o couro por exemplo, ele acaba oferecendo uma maior acessibilidade e um excelente custo benefício. Por ser leve, garante todo o conforto necessário para trabalhar em movimento. Assim seu dia a dia se torna mais saudável e menos dolorido. O corpo agradece  e o trabalho rende.

 

Cuide bem da sua proteção individual

Cuidar corretamente dos seus sapatos de proteção individual vai garantir que eles tenham um tempo de vida maior. Assim você estará protegido por mais tempo. Vamos a algumas dicas que ajudam na melhor conservação desse importante equipamento de proteção individual.

Deixe seu sapato arejar antes de guardá-lo ao final de um dia de trabalho. Se seu sapato for branco, pasta de dentes pode ajudar a clarear. Mas opte por uma pasta de dentes branca, sem corantes. Limpe os calçados de proteção individual antes de guardar.

Talco e amido de milho ajudam a retirar manchas de gordura. Ótima dica para quem trabalha em cozinha. É importante deixar agir por algumas horas. Leva cerca de quatro ou cinco horas para o pó absorver a oleosidade. Caso o sapato seja escuro, o pó de café fará o mesmo trabalho do amido de milho e do talco.

Algodões umedecidos com vinagre ajudam a retirar o mau cheiro do interior dos sapatos. Esfregue os sapatos por dentro e deixe secar. Untar as costuras dos sapatos impermeáveis com óleo de linhaça torna-os ainda mais resistentes à água.

 

Garanta a melhor proteção individual

Invista em quem tem a confiança da população. A Marluvas é a empresa mais lembrada quando se trata de calçados de segurança. Confie em quem se preocupa com a saúde e a segurança no trabalho.

 Fonte:https://www.marluvas.com.br/protecao-individual-em-ambiente-escorregadio/

 

Gostou deste artigo? Caso queira receber mais informações relacionada a este assunto, deixe seu contato nos campos abaixo:
Sobre o autor: Marluvashttps://www.marluvas.com.br Há mais de 45 anos, a Marluvas dava seus primeiros passos. Hoje, líder do mercado de calçados profissionais, a empresa valoriza e reconhece a importância de todos os momentos da sua trajetória. Só quem pode olhar para trás com tanto orgulho é capaz de seguir sempre em frente e chegar cada vez mais longe.
Publicidade:
×
E-mail:
Senha:
Entrar
Esqueci Senha | Cadastre-se
×
Enviar Lista de EPIs por E-mail
Remetente:
E-mail Remetente:
Destinatário:
E-mail Destinatário:
Mensagem:
Enviar
×
Minha Lista de EPIs Nenhum Item
×

O que é CA?

O CA - Certificado de Aprovação - é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego que tem por finalidade avaliar e manter um padrão nos equipamento de proteção.

A NR6 - que regulariza os equipamentos de proteção individual - exige que todo equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a marcação do CA.

Para se obter um CA, o fabricante ou importador, deve enviar uma amostra do equipamento para um laboratório autorizado, o laboratório faz testes com esse equipamento e emite um laudo com as características do produto. Esse laudo é enviado ao MTE para emissão do CA que garantirá o padrão dos equipamentos que devem obedecer as especificações presentes no laudo.

Como funciona o Portal ConsultaCA.com? Assista nosso vídeo!