Buscar por:

CAPUZ CONJUGADO COM PROTETOR FACIAL

Proteção dos Olhos e Face

Marcar como
Favorito:

Registar
Dúvida:

5

Deixe sua
Avaliação:

Avalie este EPI

N° CA:39544

Situação:
VÁLIDO

Validade:
22/11/2024vencerá daqui 216 dias

N° Processo:
14022122017202114

Natureza:
Nacional

Descrição Completa

Capuz de segurança confeccionado com 03 (três) camadas: primeira e segunda camadas em tecido Jupiter, 88% algodão e 12% poliamida, com gramatura de 7.67 oz/yd2 (260 g/m2), e a terceira camada em tecido Venus 88% algodão e 12% poliamida, com gramatura de 7,37 oz/yd2 (249,71 g/m2), fabricados pela empresa Cia. de Fiação e Tecidos Cedro Cachoeira, ATPV 47 cal/cm2. O capuz é dotado de uma abertura frontal com cerca de 360 mm de largura e 118 mm de altura, com bordas laterais internas recobertas com velcro, que são utilizadas para fixação no protetor facial. O protetor facial confeccionado em policarbonato verde fixado a um suporte plástico basculante em forma de arco que se encaixa na aba do capacete. A fixação do protetor facial ao suporte plástico é feito por meio de encaixe em duas hastes que são fixadas nas laterais do casco do capacete. O capuz é conjugado com protetor facial e deve ser utilizado em conjunto com os seguintes capacetes: CA nº 25.882 (fabricante do capacete: Plastcor do Brasil Ltda), CA nº 40.056 (fabricante do capacete: Plastidur Indústria e Comércio de Plásticos Ltda.) e CA nº 14.712 (fabricante do capacete: Ledan Indústria e Comércio Ltda).

Fabricante

Razão Social:
PROTENGE EQUIPAMENTOS DE PROTECAO INDIVIDUAL LTDA

CNPJ:
58.249.988/0001-07

Cidade/UF:
SAO PAULO/SP

Avaliação Geral:

5,00 Ótimo
2 avaliações

Selo ConsultaCA
Total de CA's
do Fabricante:459

Dados Complementares

Marcação:
Na etiqueta

Referências:
PROARC 94.

Aprovado Para:
PROTEÇÃO DO CRÂNIO E PESCOÇO DO USUÁRIO CONTRA AGENTES TÉRMICOS PROVENIENTES DE ARCO ELÉTRICO E PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE DO USUÁRIO CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES E CONTRA RAIOS ULTRAVIOLETA (U6) E INFRAVERMELHO (R4).

Restrições:
EPI NÃO APROVADO PARA PROTEÇÃO CONTRA RISCOS PROVENIENTES DE FOGO REPENTINO.

Observação:
I) O equipamento CAPUZ CONJUGADO COM PROTETOR FACIAL deve ser utilizado com algum dos modelos de capacete de segurança indicados no campo "Descrição" acima. II) EPI não aprovado contra Luz Intensa (L) e Soldagem e Processos Similares (W). III) EPI aprovado para a resistência a alto impacto, devendo apresentar a marcação "+" segundo a norma técnica ANSI/ISEA Z87.1-2015. Os óculos possuem essa marcação. IV) Demais especificações técnicas do EPI deverão ser obtidas junto ao fabricante.

Laudos

N° do Laudo:
1 114 220-203

CNPJ do Laboratório:
60.633.674/0006-60

Razão Social:
IPT/FRANCA - INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS

N° do Laudo:
1959-20; 1960-20; 7882-19; 7883-19-1; 7883-19-2; 7884-19'.

CNPJ do Laboratório:
03.851.105/0001-42

Razão Social:
SENAI CETIQT

N° do Laudo:
84.355; 83.611

CNPJ do Laboratório:
63.025.530/0042-82

Razão Social:
SEÇÃO TÉCNICA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO EM SAÚDE - IEE/USP

N° do Laudo:
899-21; 900-21; 901-21; 902-21; 903-21; 1252-21

CNPJ do Laboratório:
03.851.105/0001-42

Razão Social:
SENAI CETIQT

Normas

  • ASTM F 1506-10a
  • ASTM F1959/F1959M-14
  • ASTM F2178:2012

Histórico

Data da Alteração (Ordem Crescente) Ocorrência
04/01/2017 Expedido
10/12/2019 CA Vencido
23/10/2020 Expedido
08/10/2021 Expedido

Dúvidas sobre este CA

Declaro que, ao clicar no botão abaixo e registrar a minha dúvida, confirmo que estou
CIENTE e CONCORDO com os Termos e Condições deste serviço.
Enviar Dúvida

Este CA não possui nenhuma Dúvida registrada. Seja o primeiro a registrar!

Avalie este EPI

Sua avaliação é muito importante para toda a comunidade de Profissionais de SMS.

×
Publicidade:
×
E-mail:
Senha:
Manter-me conectado
Entrar
Esqueci Senha | Cadastre-se
×
Enviar Lista de EPIs por E-mail
Remetente:
E-mail Remetente:
Destinatário:
E-mail Destinatário:
Mensagem:
Enviar
×
Minha Lista de EPIs Nenhum Item
×

O que é CA?

O CA - Certificado de Aprovação - é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego que tem por finalidade avaliar e manter um padrão nos equipamento de proteção.

A NR6 - que regulariza os equipamentos de proteção individual - exige que todo equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a marcação do CA.

Para se obter um CA, o fabricante ou importador, deve enviar uma amostra do equipamento para um laboratório autorizado, o laboratório faz testes com esse equipamento e emite um laudo com as características do produto. Esse laudo é enviado ao MTE para emissão do CA que garantirá o padrão dos equipamentos que devem obedecer as especificações presentes no laudo.

Como funciona o Portal ConsultaCA.com? Assista nosso vídeo!