Buscar por:

LUVA PARA PROTEÇÃO CONTRA AGENTES MECÂNICOS E QUÍMICOS

Proteção das Mãos e Braços

Favoritos:

1

Comentários:

2

Avaliação:

Avalie este EPI

N° CA:32499

Situação:
VÁLIDO

Validade:
12/03/2023vencerá daqui 1329 dias

N° Processo:
46017000766201843

Fotos do Equipamento

  • CA32499 - LUVA PARA PROTEÇÃO CONTRA AGENTES MECÂNICOS E QUÍMICOS

Fabricante

CNPJ:
00.204.589/0001-40

Razão Social:
KALIPSO EQUIPAMENTOS INDIVIDUAIS DE PROTECAO LTDA

Site:
http://www.kalipso.com.br/

Cidade/UF:
SAO PAULO/SP

Avaliação Geral:

4,79 Ótimo
29 avaliações

Total de CA's
do Fabricante:96

Dados Complementares

Aprovado Para:
PROTEÇÃO DAS MÃOS DO USUÁRIO CONTRA AGENTES ABRASIVOS, ESCORIANTES, CORTANTES E PERFURANTES E CONTRA AGENTES QUÍMICOS (ÁLCOOIS PRIMÁRIOS (A), BASES INORGÂNICAS (K), ÁCIDOS MINERAIS INORGÂNICOS (L)).

Observação:
I) O EPI obteve resultado de níveis de desempenho 1110X para BS EN 388, com valores variando de 1 (um) a 4 (quatro) para abrasão, rasgamento e perfuração e 1 (um) a 5 (cinco) para corte, sendo 1 (um) o pior resultado, em que: 1 - resistência à abrasão; 1 - resistência ao corte por lâmina; 1 - resistência ao rasgamento; 0 - resistência à perfuração por punção; X - resistência ao corte TDM (ensaio adicional previsto na norma EN ISO 13997, com valores variando de A a F, sendo F o melhor resultado). O nível "0" (zero) indica que o equipamento foi testado, mas não foi aprovado para o requisito testado. EPI NÃO APROVADO PARA O REQUISITO DE PERFURAÇÃO POR PUNÇÃO. O código “X” indica que o EPI não foi ensaiado para a aplicação correspondente. II) Luva de proteção química TIPO “B”. Níveis de desempenho apresentados para resistência à permeação, segundo a EN 374, com valores variando de 1 a 6, sendo 6 o melhor resultado: 2 - Metanol; 6 - Hidróxido de Sódio 40%; 3 - Ácido Sulfúrico 96%. III) Para a seleção e correta utilização do equipamento, verificar o disposto no Comunicado XXX, disponível no link "http://trabalho.gov.br/seguranca-e-saude-no-trabalho/equipamentos-de-protecao-individual-epi/comunicados-importantes".

Laudo

CNPJ do Laboratório:
53.020.152/0001-12

Razão Social:
L. A. FALCÃO BAUER - CENTRO TECNOLÓGICO DE CONTROLE QUALIDADE LTDA

Normas

Norma:
BS EN ISO 374-1:2016

Norma:
DIN EN ISO 374-4/2014

Norma:
DIN EN 388:2017

Norma:
DIN EN 374-2/2015

Norma:
BS EN 16523-1:2015

Norma:
DIN EN 420/2010 + A1:2009

Comentários sobre este EPI

ELIZABETH PORTELA (GO), escreveu em 23/12/2015:

Dúvida: Bom dia Meu nome é Elizabeth sou estagiária de SST, e os pedreiros da obra que faço estágio gostam muito destas luvas, tem alguma outra luva que não esquente muito mais que seja útil pra eles, ou com material diferente que não seja a luva de vaqueta nem a pigmentada?

  • FABRICANTE, respondeu em 13/03/2018:

    Prezada Elizabeth,
    A Kalipso agradece o seu contato e a escolha por nossa marca.
    De fato, essa luva Látex Orange é muito boa para as atividades de assentamento de piso e rebocos de modo geral, devido a sua espessura. Com relação a outras possibilidades, temos várias referências com sistema de ventilação que podem contribuir muito para o segmento da construção civil, inclusive para manuseio de ferramentas, tijolos, madeiras, etc. Peço a gentileza que informe seu e-mail de contato para que possamos encaminhar algumas amostras para sua apreciação. Convido você a acessar nosso site www.kalipso.com.br onde também você poderá localizar algumas dessas luvas com as ilustrações, que facilitam a indicação do EPI.
    Ficamos a disposição para mais informações.
    Atenciosamente:
    Alex Cortez da Silva
    Departamento Técnico.

Avalie este EPI

Sua avaliação é muito importante para toda a comunidade de Profissionais de SMS.

×
Publicidade:
×
E-mail:
Senha:
Manter-me conectado
Entrar
Esqueci Senha | Cadastre-se
×
Enviar Lista de EPIs por E-mail
Remetente:
E-mail Remetente:
Destinatário:
E-mail Destinatário:
Mensagem:
Enviar
×
Minha Lista de EPIs Nenhum Item
×

O que é CA?

O CA - Certificado de Aprovação - é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego que tem por finalidade avaliar e manter um padrão nos equipamento de proteção.

A NR6 - que regulariza os equipamentos de proteção individual - exige que todo equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a marcação do CA.

Para se obter um CA, o fabricante ou importador, deve enviar uma amostra do equipamento para um laboratório autorizado, o laboratório faz testes com esse equipamento e emite um laudo com as características do produto. Esse laudo é enviado ao MTE para emissão do CA que garantirá o padrão dos equipamentos que devem obedecer as especificações presentes no laudo.

Como funciona o Portal ConsultaCA.com? Assista nosso vídeo!