Buscar por:

PROTETOR FACIAL

Proteção dos Olhos e Face

Favoritos:

1

Dúvidas:

4

AvaliaAvaliação:

Avalie este EPI

N° CA:26335

Situação:
VENCIDO

Validade:
12/05/2020venceu há 289 dia

N° Processo:
46000008993201472

Natureza:
Nacional

Descrição Completa

Protetor facial de Segurança, composto de um suporte de material plástico rígido preto, que cobre a parte frontal do crânio do usuário e se estende até a parte lateral da cabeça, e um visor de material plástico (termoplástico) incolor ou verde, com cerca de 220 mm de largura e220 mm de altura, preso ao suporto preto por meio de três parafusos metálicos e dois parafusos plásticos. As extremidades do suporte preto são fixadas na carneira e coroa de material plástico por meio de dois parafusos plásticos. O visor possui a borda de material plástico preto fixado em todo o contorno. O tamanho da carneira é regulável através de ajuste simples ou catraca. A parte frontal da carneira é recoberta com uma espuma para absorção de suor.

Fabricante

Razão Social:
SILOMINAS EQUIPAMENTOS DE PROTECAO INDUSTRIAL LTDA

CNPJ:
25.669.540/0001-93

Cidade/UF:
ITAGUARA/MG

Avaliação Geral:

Ainda não foi realizada nenhuma avaliação para os CAs deste Fabricante.

Total de CA's
do Fabricante:24

Dados Complementares

Marcação:
NA COROA

Referências:
PF-5000(visor incolor, regulagem simples); PF-5005 (visor incolor, regulagem através de catraca); PF-6000(visor verde, regulagem simples); PF-6006(visor verde, regulagem através de catraca).

Cor:
Visor: incolor ou verde

Aprovado Para:
PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE DO USUÁRIO CONTRA IMPACTO DE PARTÍCULAS VOLANTES FRONTAIS E LUMINOSIDADE INTENSA NO CASO DO VISOR VERDE.

Observação:
A transmitância luminosa do visor verde indica que ele seria de tonalidade 3.0. Porém ele não atende ao requisito de transmitância no infravermelho para esse número de tonalidade. Portanto, segundo a norma, é um visor para propósitos especiais e não deve ser utilizado para proteção contra radiação infravermelha, devendo possuir a marcação indelével "S" para indicar essa situação. O protetor facial possui essa marcação.

Laudos

N° do Laudo:
313/2014-A

CNPJ do Laboratório:
62.428.073/0001-36

Razão Social:
FUNDACENTRO - FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEG E MED DO TRABALHO

Normas

  • ANSI.Z.87.1/2003

Histórico

Data da Alteração (Ordem Crescente) Ocorrência
17/11/2009 Expedido
18/05/2015 Expedido
13/05/2020 CA Vencido

Dúvidas sobre este CA

Declaro que, ao clicar no botão abaixo e registrar a minha dúvida, confirmo que estou
CIENTE e CONCORDO com os Termos e Condições deste serviço.
Enviar Dúvida
ANDERSON JOSE DOS SANTOS SILVA (SP), escreveu em 22/02/2021:

Renovação de CA: Por favor, Preciso da renovação do C.A 26335

MAIRA LIVIA (PA), escreveu em 02/07/2020:

Renovação de CA: Por gentileza, enviar o novo C.A para maira.sousa@sococo.com.br

ADEMIR KEMMER (SC), escreveu em 22/05/2020:

Renovação de CA: Boa tarde,
Com essa mudança recente, qual a possibilidade de encaminhar o laudo de ensaio e o Certificado de conformidade deste equipamento, emitido por laboratório acreditado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, conforme o disposto em ato da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

e-mail: ademir-Kemmer@auroraalimentos.com.br

JANIR DE LIMA BRITO (AM), escreveu em 07/04/2020:

Dúvida: Como deve ser o processo de higienizacao deste protetor? Posso utilizar alcool a 70%?

Avalie este EPI

Sua avaliação é muito importante para toda a comunidade de Profissionais de SMS.

×
Publicidade:
×
E-mail:
Senha:
Manter-me conectado
Entrar
Esqueci Senha | Cadastre-se
×
Enviar Lista de EPIs por E-mail
Remetente:
E-mail Remetente:
Destinatário:
E-mail Destinatário:
Mensagem:
Enviar
×
Minha Lista de EPIs Nenhum Item
×

O que é CA?

O CA - Certificado de Aprovação - é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego que tem por finalidade avaliar e manter um padrão nos equipamento de proteção.

A NR6 - que regulariza os equipamentos de proteção individual - exige que todo equipamento de proteção individual, de fabricação nacional ou importado, só poderá ser posto à venda ou utilizado com a marcação do CA.

Para se obter um CA, o fabricante ou importador, deve enviar uma amostra do equipamento para um laboratório autorizado, o laboratório faz testes com esse equipamento e emite um laudo com as características do produto. Esse laudo é enviado ao MTE para emissão do CA que garantirá o padrão dos equipamentos que devem obedecer as especificações presentes no laudo.

Como funciona o Portal ConsultaCA.com? Assista nosso vídeo!